Em caso de suspeita de violência doméstica, não silencie, denuncie!
 

 

Almirante Tamandaré (PR) – (41) 3657-1196 ou 98534-2097 e 99559-6960 (plantão das 17h às 8h)

Alumínio (SP) – (11) 4715-7149 e 97576-6110 ou 94136-5381 (plantão)

Angatuba (SP) – (15) 3355-0839

Apiúna (SC) – (47) 3353-1603 e 8811-1146 (plantão)

Araripina (PE) – (87) 3873-4630 e 98814-1170

Aripuanã (MT) – (66) 3565-3921

Barra Mansa (RJ) – (24) 3322-1029

Belmiro Braga (MG) – (32) 3284-1104 ou 3284-1755

Betânia do Piauí (PI) – (89) 3497-0002 (telefone da prefeitura)

Botucatu (SP) – (14) 3811-1408

Basilândia (MS) – (67) 3546-1859 ou 99985-7381

Cachoeira (BA) – (75) 3425‐2504 ou 98856-7329

Caçu (GO) – (64) 3656-6014

Camaçari (BA) – (71) 99979-5634 e 99989-7874 (plantão)

Campo Belo do Sul (SC) – (49) 99971-8705 (secretaria de Assistência Social)

Cantagalo (RJ) – (22) 2555-4508 ou (22) 2555-4276

Capanema (PA) – (91) 3462-1170

Capivari de Baixo (SC) – (48) 3623-1746 ou 99158-9766

Catanduva (SP) – (17) 3521-6040

Celso Ramos (SC) – (49) 98843-6924

Chavantes (SP) – (14) 3342-9205

Colombo (PR) – (41) 3666-6319 e 3666-5058 ou 98827-0836 (plantão)

Coromandel (MG) – (34) 3841-1028 ou 98817-7069

Corumbá (MS) – (67) 3231-9749 e 3232-6403 ou 0800-647-4488

Curral Novo do Piauí (PI) – (89) 3456-0050 (telefone da prefeitura)

Divinolândia (SP) – (19) 3663-8100 ramal 202 ou 97421-1492

Edealina (GO) – (64) 3480-1414

Esteio (RS) – (51) 3473-0350 e 9678-4015 (plantão)

Governador Mangabeira (BA) – (75) 3638-2409

Guarda-Mor (MG) – (38) 3673-1283 (prefeitura)

Ibirama (SC) – (47) 3357-8519 e 98804-4653 (plantão)

Ibitinga (SP) – (16) 3342-7249

Ibiúna (SP) – (15) 3248-2761

Imbituba (SC) – (48) 3355-8100 (prefeitura)

Itaperuçu (PR) – 3603-3133 ou 9981-4978

Itapetininga (SP) – (15) 3272-5144

Itaú de Minas (MG) – (35) 3536-4400 (prefeitura)

Juiz de Fora (MG) – (32) 3690-7398 e 98429-4740 (plantão) – região Centro/Norte; 3690-7397 e 98431-4793 (plantão) – região Sul/Oeste; 3690-7390 e 98463-0980 (plantão) – região Leste

Juquiá (SP) – (13) 3844-1833

Juquitiba (SP) – (11) 93317-0586 (plantão)

Ladário (MS) – (67) 98425-7579 (plantão)

Lagamar (MG) – (34) 3812-1125 (secretaria de Assistência Social)

Lagoa Grande (MG) – (34) 99975-8405

Laranjeiras (SE) – (79) 3281-1717 (secretaria de Assistência Social)

Limeira (SP) – 0800 774 0350 e (19) 3443-4426 – Conselho Tutelar 1; (19) 3443-4545 – Conselho Tutelar 2

Maragogipe (BA) – (79) 3526-2128 e 99937-4030 (plantão)

Matias Barbosa (MG) – (32) 3273-2472 e 99963-3550

Miracatu (SP) – (13) 3847-1772

Muriaé (MG) – (32) 3696-3392

Niquelândia (GO) – (62) 3959-7000 (prefeitura)

Nobres (MT) – (65) 3376-2704

Nova Europa (SP) – (16) 99747-0786

Nova Granada (SP) – (17) 3262-5200 (prefeitura)

Pinheiro Machado (RS) – (53) 3248-3533 e 99946-3531

Presidente Olegário (MG) – (34) 3811-0170

Primavera (PA) – (91) 99106-9077, 99122-7491, 99120-9423, 99211-0817, 99380-6239

Resende (RJ) – (24) 3360-9347 ou 99841-6924 (plantão)

Ribeirão Claro (PR) – (43) 3536-1300 (prefeitura)

Rio Branco do Sul (PR) – (41) 3652-1634

Rosana (SP) – (18) 3284-3439

Salto de Pirapora (SP) – (15) 3292-1000

Santa Filomena (PE) – (87) 3874-7131 (secretaria de Assistência Social)

Santa Isabel (SP) – (11) 4657-1701 e 94140-4365 (plantão)

São Félix (BA) – (75) 99227-1730

São Gonçalo do Abaeté (MG) – (38) 3563-1216 e 3563-1126 (secretaria de Desenvolvimento Social)

São Sebastião da Vargem Alegre (MG) – (32) 8434-3344

Simão Pereira (MG) – (32) 3272-0510 (Assistência Social)

Simões (PI) – (89) 3456-1434 (telefone da prefeitura)

Três Marias (MG) – (38) 3754-7009 (secretaria de Assistência Social)

Trindade (PE) – (87) 3870-1156 (secretaria de Ação Social)

Uruaçu (GO) – (62) 3357-4143 (secretaria de Desenvolvimento Social)

Vazante (MG) – (34) 3813-3863 (secretaria de Desenvolvimento Social)

Vidal Ramos (SC) – (47) 3356-1539

Votorantim (SP) – (15) 3353-8533

Xambioá (TO) – (63) 3473-1602 e 3473-1522 (secretaria de Assistência Social)

 

#Nem1SemProteção: leia todas as matérias sobre violência doméstica

 

 

Você sabe como ajudar em caso de violência doméstica?
Faça o teste abaixo

 

0%

Em caso de suspeita de violência doméstica, para qual número ligar?

Correct! Wrong!

Ligue para o 180 se você quer denunciar que está em situação de violência doméstica, ou sabe de alguém que está. Esta denúncia não tem caráter emergencial.

O que você deve fazer se presenciar ou ouvir um agressão doméstica?

Correct! Wrong!

É muito importante não se omitir. Denuncie sempre, ligando para o 190. Não silencie!

Quais dessas situações abaixo são caracterizadas como violência?

Correct! Wrong!

Todas estas situações de violência doméstica e familiar contra a mulher estão previstas na Lei Maria da Penha − Capítulo II, art. 7º, incisos I, II, III, IV e V.

Em caso de suspeita ou confirmação de alguma agressão contra criança ou adolescente, para que número ligar?

Correct! Wrong!

O Disque 100 é um serviço nacional onde você pode fazer denúncias anônimas, que serão encaminhadas para o Conselho Tutelar municipal

Caso a agressão contra criança ou adolescente precisar de uma resposta urgente – se estiver ocorrendo na hora, por exemplo – o que fazer?

Correct! Wrong!

Você pode acionar o Conselho Tutelar do seu município, que trabalha em regime de plantão (inclusive neste período de pandemia).

Que indícios uma criança ou adolescente que esteja sofrendo algum tipo de violência pode apresentar?

Correct! Wrong!

Uma criança ou adolescente vítima de violência pode manifestar uma série de sinais – consciente e inconscientemente. É importante sempre ficar atento ao comportamento, especialmente se há mudanças bruscas. Também notar como ela se expressa, seja por meio de desenhos, gestos ou frases e comentários...tudo pode dar pistas que ele precisa de ajuda. Não se omita!

Violência doméstica: você sabe como ajudar?

Share your Results: