fbpx

“Os obstáculos não podem ser empecilhos para chegar nas famílias que estão mais distantes”, afirma Márcia Bernardes, da Undime São Paulo

 

Abrindo a semana de Webinários do PVE, recebemos Márcia Bernardes, presidente da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação de São Paulo e Dirigente Municipal de Educação de Atibaia (SP). Márcia assumiu o cargo em março passado e já iniciou o trabalho direto na crise do Coronavírus. O tópico do dia foi a articulação do gestor com diferentes públicos. Confira aqui a íntegra.

 

Márcia lembra que por ser um cenário de crise e atípico, é preciso articular-se com vários grupos e setores da sociedade, até mesmo dentro do poder público, para que as melhores decisões possíveis sejam tomadas. É preciso falar com o setor da Saúde para adaptar medidas tomadas sobre prevenção e controle da doença em ambientes escolares, por exemplo. 

 

— Nós não somos super-heróis nem Mulheres Maravilhas para dar conta de tudo sozinhos. Precisamos da ajuda dos outros setores nesse momento — enfatiza.

 

O trabalho conjunto que está ocorrendo nessa época de Covid-19 também é, frequentemente, ligado a realocação de recursos, independente do setor. Ainda assim, não há legislação prevista para todas as especificidades de cada município, porque cada um vive uma realidade diferente com a doença. Pode ser fácil se perder em meio à confusão. Márcia dá a dica para evitar problemas no futuro:

 

— Os gestores educacionais devem ter sempre a legislação em mãos, isso tem que ficar muito claro. Esse empréstimo e recurso que vou destinar será aplicado a algum tipo de atividade relacionada aos alunos na rede municipal? Isso tem que ficar muito claro — sintetiza.

 

Márcia lembra, ainda, que mesmo dentro de um único município, as realidades podem ser extremamente distintas. No caso de Atibaia, onde ela é dirigente, o auxílio das famílias foi organizado de várias maneiras diferentes, conforme a realidade da comunidade. Como primeira alternativa, optou-se pelo envio de tarefas para os alunos por meio do WhatsApp dos pais e familiares. Para os alunos que não têm acesso à internet, as atividades impressas estarão disponíveis para retirada na unidade escolar, quinzenalmente. Houve ainda uma escola onde os professores imprimiram as atividades e encontraram os pais em no ponto de ônibus para a entrega. 

 

— Não é nada fácil sair do planejamento, da rotina, mas agora é o momento em que todos precisam se unir e pensar em estratégias. Os obstáculos não podem ser empecilhos para que a gente chegue nessas famílias — afirma.

 

 

Materiais deste webinar:

— Assista à videoconferência completa: clique aqui

 

O PVE continua promovendo webinars abertos ao público para ajudar gestores durante a pandemia de Covid-19. Na terça-feira (28), Carlos Sanches recebe Maria Alice Junqueira de Almeida, coordenadora de projetos no CENPEC. O tópico da vez será o impacto da Covid-19 no processo de alfabetização. Acompanhe, ao vivo, a partir das 10h. Inscreva-se neste webinar e confira a programação da semana aqui.